caso-gruas-garro-como-se-livrar-das-gaivotas

Como se livrar das gaivotas graças aos repelentes sonoros BirdGard

Grúas Garro conta a sua experiência

Grúas Garro explica como há mais de 7 anos começaram a ter pragas de gaivotas nas coberturas dos seus pavilhões em Beasáin. E como, desde então, conseguiram livrar-se das gaivotas graças aos repelentes sonoros Bird Gard.

Sobre a Grúas Garro

Logo-Gruas-Garro

A Grúas Garro é uma empresa de serviços de elevação e transporte com guindastes. Eles prestam serviços de montagem de todo o tipo de estruturas: pontes, pavilhões, edifícios industriais… com alturas de até 130 metros, e pesos de grande tonelagem (até 500 toneladas).

Grúas Garro foi fundada por Santi Garro em Beasáin em 1972. Desde então, a empresa foi crescendo, e conta com delegações em Mondragón, Vitoria e Andoáin.

O problema com as Pragas de Gaivotas

Na sua central de Beasáin, Grúas Garro tem dois pavilhões com cerca de 2000 m2, localizados num parque industrial. Beasáin fica a cerca de 40 km da costa basca.

Desde a sua fundação e durante mais de 40 anos, a empresa operou sem nenhum tipo de problemas relacionados com pragas de pássaros.

gruas-garro-pragas-gaivotas

No entanto, em 2013 começaram a ter um problema que não esperavam: centenas de gaivotas concentravam-se todos os dias nas coberturas dos seus pavilhões. Rapidamente perceberam que a nova presença destes bandos de gaivotas se devia à recente abertura da lixeira de Sasieta, a cerca de 2-3 km de Beasáin. A “comida fácil” da lixeira começou a atrair muitas gaivotas para a zona.

Nas proximidades da zona também há uma barragem: a barragem de Arriarán. As gaivotas tinham então um habitat perfeito, podiam comer na lixeira, beber na barragem, e depois pousar para descansar nos pavilhões da Grúas Garro.

Os pavilhões da central de Beasáin têm iluminação na cobertura, com janelas de plástico. As gaivotas bicavam no plástico das janelas até fazerem buracos. Quando chovia, a água entrava pelos buracos para dentro dos pavilhões. Grúas Garro teve que investir muito dinheiro para reparar várias vezes os buracos provocados pelas gaivotas nas coberturas.

O Repelente Sonoro Bird Gard foi a solução para se livrarem das Gaivotas

Foi então que decidiram enfrentar o problema. Procuraram na internet métodos sérios para afugentar gaivotas e descobriram os repelentes sonoros Bird Gard.

Santi Garro recorda:

“Em 2013 comprei um repelente de gaivotas, modelo BirdGard Pro #20. Recebi-o dois dias depois, instalei-o, e foi remédio santo. Estou a usá-lo há mais de 7 anos de forma contínua. Desde então, não há nem uma gaivota nos pavilhões.”

No entanto, inicialmente, sim que teve um problema. Ao instalar o repelente sonoro nos pavilhões da Grúas Garro, as gaivotas simplesmente mudaram-se para outros pavilhões do polígono industrial.

instalacao-repelente-gaivotas-Bird-Gard-Pro

Santi Garro explica:

“Quando o instalei em 2013 tive queixas de outras empresas vizinhas no polígono. Mas reunimo-nos e decidimos enfrentar o problema em conjunto. Agora temos dois repelentes sonoros BirdGard Pro #20 no polígono. E agora nenhuma empresa tem problemas com as gaivotas. De facto, as gaivotas desapareceram completamente do polígono.”

Dado que as gaivotas não fazem os ninhos nas coberturas dos pavilhões, mas apenas pousam ali durante o dia, o repelente de gaivotas foi configurado para emitir sons apenas durante o dia. À noite o repelente fica automaticamente em silêncio. O equipamento está localizado na cobertura do pavilhão, num poste colocado a uns 50 cm da cobertura. 

Santi Garro comenta:

Os sons emitidos pelo repelente não incomodam nada. Dentro da oficina, de vez em quando ouve-se o som de algum pássaro, mas não incomoda nada. Nem a nós no nosso pavilhão, nem às outras empresas do polígono”

O aterro sanitário de Sasieta foi fechado a 2017-2018. No entanto, depois do fecho do aterro as gaivotas continuaram no município de Beasáin. Santi Garro explica como o pôde confirmar:

Como-se-livrar-das-gaivotas

“Há algum tempo o repelente de gaivotas avariou-se. Pois bem, alguns dias depois já tínhamos as gaivotas nas coberturas dos pavilhões. Ainda bem que nos demos conta disso rapidamente. Comprámos outro repelente sonoro da BirdGard Iberia, e não chegaram a provocar estragos. Agora tenho sempre um repelente de substituição. Não quero ficar sem a sua proteção contra as gaivotas. Porque se nos distraímos um fim de semana, é um problema.”

Grúas Garro recomenda os repelentes sonoros da BirdGard para se livrar das Gaivotas

Graças ao repelente sonoro BirdGard, Grúas Garro conseguiu:

  • Minimizar os custos de manutenção das coberturas dos seus pavilhões de Beasáin.
  • Evitar a sujidade e possíveis doenças provocadas pelos excrementos das gaivotas
  • Melhorar a imagem para os cliente da sua central de Beasáin.

Santi Garro acrescenta:

Este repelente foi um grande investimento. Graças ao repelente poupamos muito em custos de manutenção do telhado.

Recomendo esta solução a todas as empresas que tenham problemas com as gaivotas nas suas instalações. E se alguém está interessado, podem entrar em contacto comigo, ou vir à nossa central de Beasáin para ver os repelentes em funcionamento!”

Como se livrar das gaivotas – Informação Adicional

Se deseja saber mais sobre os problemas que as gaivotas provocam e sobre diferentes produtos para as combater, recomendamos a leitura do artigo:
Espanta Gaivotas“.

Pode comprar o seu repelente de gaivotas na loja on-line da BirdGard Iberia – Portugal: https://www.brulemar.com/Espanta-Gaivotas.

One thought on “Como se livrar das gaivotas graças aos repelentes sonoros BirdGard

Comments are closed.